ATRIZ

 

    Cursou Interpretação na Escola Superior de Artes Célia Helena e atuou em peças como As Vantagens de Ser Invisível com direção de Pedro Granato (2013), Morte e Vida Severina com direção de Ademir Emboava (2013) e Vem Buscar-me que Ainda Sou Teu com direção de Ednaldo Freire (2014).

     Atuou como a protagonista Júlia que, após terminar um namoro repentinamente, começa uma série de encontros bizarros vindos de um aplicativo de relacionamento na websérie Vibra.

    Selfie é um retrato de jovens da geração Y, suas relações, diálogos e conflitos em forma de curtametragem.

      Atualmente participa de um processo colaborativo no teatro, um grupo de 15 jovens atores, dirigido por Pedro Granato, cruza temas como a solidão, desejo, homossexualidade, preconceito e violência no decorrer de uma noite na balada, ao som de Fortes Batidas. A "peça-festa" estreiou sua primeira temporada no Centro Cultural São Paulo com casa cheia e ingressos esgotados em minutos e agora se programam para a segunda temporada, a partir de 15/5 no Teatro Pequeno Ato

FORTES BATIDAS |direção pedro granato|

brendo tolesi 2015

VEM BUSCAR-ME QUE AINDA SOU TEU |direção ednaldo freire|

felipe andrade 2014

VIBRA |websérie|

paulo vitor 2014

SELFIE |curtametragem|

bruno prada 2014

MORTE E VIDA SEVERINA |direção ademir emboava|

yorran furtado 2013

AS VANTAGENS DE SER INVISÍVEL |direção pedro granato|

valerie mesquita 2013

  • Facebook Black Round
  • Instagram Black Round
  • Twitter Black Round
  • Vimeo Black Round
  • YouTube Black Round

FORTES BATIDAS |direção pedro granato|

ana gobbi 2015

© 2019 LAURA VICENTE ▽ all rights reserved

  • Facebook Black Round
  • Instagram Black Round
  • Twitter Black Round
  • Vimeo Black Round
  • YouTube Black Round